Liderança

Como a Kienbaum pode contribuir para você desenvolver um sucessor?

desenvolver um sucessor
Kienbaum Brasil
Escrito por Kienbaum Brasil

Identificar e desenvolver um sucessor nada mais é que sucessão empresarial — planejar com antecedência a saída do líder da organização para a entrada de um sucessor adequadamente competente e capaz para a manutenção e a ampliação dos negócios.

Isso pode ocorrer por diversos acontecimentos: mudança de país, outras oportunidades ou quaisquer outros planos.

Identificar um potencial sucessor é tarefa de grande importância para o sucesso de uma organização. Por isso deve ser realizada com excelência e precaução, requerendo planejamento estratégico, pois pode comprometer a continuidade da empresa.

Você gostaria de saber a importância do plano de sucessão na sua organização? Então, continue lendo este texto! 

Importância de desenvolver um sucessor qualificado para a empresa

Identificar um potencial sucessor é o trabalho mais relevante dentro das empresas. Por meio de programas de avaliação, principalmente os assessments feitos por empresa externa,  pode-se mapear, planejar e identificar perfis de futuros líderes no processo sucessório. Esses líderes serão desenvolvidos para e conforme as oportunidades que surgirem na organização.

Após o reconhecimento das habilidades e competências relacionadas à função, cabe à organização informar a todos os envolvidos no processo sucessório e contribuir por meio de treinamento e desenvolvimento para a capacitação necessária do futuro líder. Ele mesmo, em primeiro lugar, tem que cuidar do próprio desenvolvimento.

Então, desenvolver um sucessor não é tarefa de uma pessoa ou de uma instituição ou só da empresa. Essa é uma tarefa conjunta, que inclui o próprio profissional, a organização e o gestor desse colaborador. Inclusive, é essencial que esse gestor atue como um patrocinador do processo de desenvolvimento.

Ao contratar uma empresa especializada, será obtido auxílio e direcionamento na estruturação do processo de sucessão, uma vez que serão indicados métodos que poderão ser aplicados para o treinamento e desenvolvimento desse profissional.

Dentre as muitas alternativas, pode-se fazer um processo de coach com esse executivo para desenvolver determinadas competências que são imprescindíveis para um futuro gestor.

Outra possibilidade é o desenvolvimento ou acompanhamento do plano de desenvolvimento individual (PDI), que visa auxiliar o colaborador em seu autodesenvolvimento.

Passos para desenvolver um profissional que ocupará cargos importantes

Realizar um diagnóstico

Para realizar um diagnóstico eficiente, em primeiro lugar é essencial contratar uma consultoria especializada que apresente testes e mapas adequados para o levantamento de informações.

Juntamente com a organização, ela analisa os profissionais e descobre os possíveis sucessores presentes e se eles estão ou não prontos para assumir uma nova responsabilidade e posição.

Analisar o desempenho e atingimento de metas

A primeira variável a ser analisada é o desempenho que indica o atingimento de metas. Geralmente, essa pesquisa é feita nos últimos dois ou três anos, de forma a identificar se os colaboradores atingiram as metas estabelecidas e desejadas pela organização.

Analisar o potencial

A segunda variável diz respeito ao potencial apresentado por cada colaborador. Por exemplo, além de atingir metas, apresenta potencial, competências e habilidades para crescer? A identificação dessa resposta é obtida por meio da avaliação realizada pela empresa de consultoria contratada.

Analisar o interesse

Um terceira variável a ser analisada é o interesse do profissional em crescer e se desenvolver dentro da organização, alcançando mais responsabilidades e cargos de maior complexidade.

Esse é um ponto importante, pois muitas vezes o profissional pode revelar habilidade para ser um sucessor, mas não manifesta interesse em se desenvolver para tal.

Analisar a mobilidade

A quarta variável se relaciona com a mobilidade. A pessoa tem disponibilidade ou interesse em ser transferida para outra cidade, estado ou país? Ou, então, dependendo do cargo, é necessário viajar com frequência e, por isso, é importante verificar se o perfil e os desejos do colaborador se adequariam às necessidades do cargo em questão.

Análise dos resultados

Após observar cada uma das variáveis e os nomes obtidos, são realizados estudos considerando quais dessas variáveis são exibidas por cada profissional e quais as habilidades necessárias para cada cargo — afinal, cada cadeira tem a sua premissa.

Por exemplo, para a direção financeira de uma organização, é imprescindível que o sucessor tenha conhecimentos em finanças e contabilidade.

Já para a presidência, são necessários outros tipos de conhecimento. Ao analisar cada uma das posições e das demandas específicas, é possível elaborar um ranking com os melhores sucessores e realizar a construção de um mapa de sucessão.

Nesse mapa também é relevante informar se os colaboradores destacados estão prontos ou necessitam passar por processos de desenvolvimento.

Como a Kienbaum pode auxiliar no processo de desenvolvimento de sucessores

consultoria oferecida pela Kienbaum consiste na elaboração de mapas de sucessão e/ou na construção de um plano de desenvolvimento para cada executivo. O plano pode ter duração de um, dois ou três anos. Assim, é traçado um referencial de crescimento, de acordo com a situação real de cada profissional e as demandas de cada cargo.

De acordo com Fausto Alvarez, sócio da Kienbaum Brasil, uma pessoa pode ter potencial para duas ou três posições.

Ele afirma que, quando é feito o mapeamento do perfil ou o plano de sucessão, o objetivo não é suceder ninguém, mas deixar outras pessoas preparadas dentro da organização caso haja necessidade de ocupar outros cargos. Sendo assim, o plano não é para suceder de fato alguém, mas desenvolver pessoas.

Fausto Alvarez também afirma a importância do recrutamento de executivos na hora de escolher um para o cargo de presidente, pois exige que a consultoria dedique tempo e preparo para um cargo de tamanha responsabilidade. “É uma questão de segurança dentro da organização”, portanto é imprescindível um processo formal e bem estruturado de avaliação para dar continuidade ao legado da sua marca.

Ele ainda chama a atenção para as boas práticas de administração e para a importância do processo sucessório — toda empresa deve pensar em desenvolver uma metodologia forte na construção e formação de novos líderes.

Assim, não é necessário buscar em outros lugares, bastando somente treinar e desenvolver sua equipe para assumir outros níveis dentro da própria organização.

A Kienbaum pode atender as necessidades e ajudar as organizações a desenvolverem um sucessor. Quando falar em gestão de pessoas, recrutamento de executivos, desenvolvimento de projetos de gestão por competências, de performance, avaliações de perfis, avaliações executivas, coaching, entre outras, pense na Kienbaum.

Gostou deste texto? Se quiser saber mais sobre como desenvolver um sucessor e implementar as práticas citadas aqui, entre em contato com a Kienbaum, empresa que trabalha em vários processos de administração, de gestão de pessoas e consultoria global, integrando diversos serviços.

Sobre o autor

Kienbaum Brasil

Kienbaum Brasil

Fausto Alvarez - Partner Kienbaum SP

Axel Werner- Partner Kienbaum SP

Deixar comentário.

Share This