Conheça os benefícios de uma boa cultura empresarial

cultura empresarial
6 minutos para ler

A missão, a visão e os princípios da sua empresa não devem ser só de fachada, passando a imagem de uma marca séria e eticamente comprometida. A cultura empresarial norteia a tomada de decisão e precisa ser constatada na conduta de cada membro da equipe.

92% dos executivos de 1.348 empreendimentos estadunidenses acreditam que melhorá-la aumenta o valor da companhia segundo pesquisa divulgada pela National Bureau of Economic Research (NBER).

Quais são os outros benefícios de investir na cultura empresarial? Continue a leitura e entenda a importância do assunto para a sua empresa ter resultados melhores.

O que é a cultura empresarial?

Trata-se do conjunto de princípios que regem o cotidiano dos colaboradores de uma companhia. Esses valores orientam o perfil e o comportamento esperado do profissional, os processos, as transações, a metodologia e a rotina laboral.

Como existem ordenamentos jurídicos fundamentados nos costumes, a cultura organizacional estabelece um conjunto de regras (não necessariamente escritas) a serem seguidas pelos membros da equipe.

Imagine vários colaboradores de diferentes classes sociais e com formação, gostos, competências, perfis, bagagem pessoal e profissional distintas trabalhando na mesma companhia. Em busca do bem comum, bom funcionamento empresarial e seu crescimento no mercado, eles precisam ser guiados pelos mesmos valores.

A importância da cultura organizacional

Ela integra setores e evita conflitos, pois as crenças que norteiam os membros da equipe passam a ser compartilhadas. A união faz o indivíduo se sentir valorizado e parte importante de um grupo com ideais semelhantes aos seus.

Além disso, 85% dos ocupantes de cargos de alta direção acreditam que a cultura organizacional leva a comportamentos antiéticos quando não é saudável — dados da já mencionada pesquisa da NBER.

Diante dessa circunstância, os impactos negativos na empresa são grandes tanto no que diz respeito à falta de credibilidade perante o mercado quanto ao caixa. Não entendeu a relação? Uma das maiores empreiteiras brasileiras se envolveu em escândalos de corrupção e entrou em processo de recuperação judicial com R$ 51 bilhões em dívidas.

Como criar uma cultura empresarial forte?

Não existe uma fórmula de sucesso, até porque as pessoas reagem de maneiras diferentes aos estímulos (no caso, à orientação por valores priorizados pela empresa). Contudo, os especialistas em RH observam padrões, desenvolvendo medidas eficazes para unir a equipe na busca pelo propósito maior, que é a prosperidade do negócio.

Estabeleça canais comunicativos diretos

Invista em ferramentas e recursos capazes de colocar profissionais de departamentos e graus hierárquicos distintos em interação. Assim, as diretrizes são repassadas diretamente para os interlocutores, do alto escalão para o chão de fábrica, evitam-se distorções e mantém-se a transparência.

Se houver dúvidas diante de uma tomada de decisão importante, o colaborador tem contato direto com quem cria a missão, a visão e os valores da empresa. Os líderes dão o exemplo e podem utilizar a comunicação interna para serem verdadeiros mentores: respeitados por causa do cargo e, ao mesmo tempo, acessíveis.

Alinhe as estratégias

Por exemplo: se você deseja fomentar uma cultura organizacional focada em resultados, prepare a equipe com treinamentos voltados para o tema. Divulgar indicadores — como o faturamento mensal, se a intenção é ter uma receita bruta anual 8% maior que a do ano anterior — reafirma o foco da companhia.

Desse modo, o colaborador se mantém atualizado e estimulado, alinha sua atuação com a demanda da empresa, estabelece prioridades compatíveis com as dos gestores e baseadas nas informações divulgadas.

Promova o bem-estar da equipe

Uma das maneiras mais eficientes de criar uma cultura organizacional forte é se preocupar com a saúde física, mental e a qualidade de vida dos seus profissionais, pois, assim, eles se sentem valorizados. Invista em ginástica laboral, não extrapole nas jornadas de trabalho, crie parcerias com academias e centros de esportes.

Um estudo da UnitedHealthcare aponta que 62% dos colaboradores participantes de programas corporativos de promoção do bem-estar notaram aumento na sua produtividade, 56% ficaram doentes em menos dias e 30% detectaram doenças graças à ação organizada pela empresa.

Invista em um bom ambiente de trabalho

Mesas de pingue-pongue, videogames, salão de jogos, área gourmet e espaços para tirar um cochilo realmente são atrativos. No entanto, vamos começar pelo primordial: como estão as suas instalações? A iluminação é apropriada? O sistema atende com agilidade as operações realizadas pelos profissionais?

Dados da Randstad americana atestam: a tecnologia é o que mais satisfaz as necessidades básicas dos colaboradores — internet rápida e wi-fi, por exemplo. Bons resultados são auferidos em ambientes dinâmicos, interativos e criativos. Não há como cobrar inovação se o maquinário é defasado e limita a atuação das pessoas.

Quais são os benefícios de uma cultura empresarial forte?

O conjunto de crenças propagadas é imprescindível à companhia para motivar a equipe, melhorando significativamente o clima organizacional: profissionais satisfeitos com o ambiente laboral têm menores chances de faltar ou sair do emprego, além de terem desempenho superior.

Aumento da produtividade

Empresas com cultura organizacional forte veem a sua receita crescer até quatro vezes e times altamente engajados otimizam em 21% a rentabilidade do seu negócio segundo a Gallup.

Esse índice é expressivo porque o absenteísmo é reduzido em 41% e o turnover, em 59%. Ou seja, o seu trabalho ou projeto não fica estagnado porque colaboradores estão doentes, ausentes ou por causa da necessidade de substituição de pessoal.

Redução de gastos

As despesas com licenças, afastamentos e rescisões contratuais são grandes, sem falar do tempo necessário para os processos de recrutamento, seleção, contratação, treinamento e adaptação de uma nova pessoa ao cargo. Imagine repetir o processo frequentemente porque a sua cultura organizacional não é forte o suficiente para motivar a equipe.

Retenção de talentos

89% dos colaboradores de empresas que investem no seu bem-estar as recomendam como um bom lugar para trabalhar. Quem está satisfeito com o emprego que tem não busca outras oportunidades e ainda faz propaganda a favor da companhia para atrair profissionais altamente capacitados.

Notou como uma cultura empresarial forte pode ser o diferencial entre o status atual da sua empresa e o que você pretende que ela alcance no futuro? Invista em valores éticos condizentes com a sua gestão e planejamento estratégico. Essa é uma maneira de plantar as sementes certas para colher os frutos esperados a curto, médio e longo prazo.

Gostou deste artigo? Assine a nossa newsletter para continuar recebendo conteúdo de qualidade sobre capital humano e negócios.

193 Views
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-