Quais são as principais tecnologias usadas no setor de RH?

6 minutos para ler

Ao estudar 10 mil empresas de 140 países, a Deloitte descobriu que 56% delas estão redesenhando seus programas de RH para aproveitar ferramentas digitais. Ou seja, muita coisa está mudando! A questão é: quais as principais tecnologias no RH?

Antes de responder a essa questão, é preciso destacar que ferramentas digitais agregam uma série de benefícios à gestão de pessoas, como, por exemplo, a melhor performance, o alinhamento na comunicação e o monitoramento dos resultados. Por causa disso, é quase impossível manter um RH estratégico sem tecnologia, dados e inovação.

Reunimos uma série de informações sobre o assunto e destacamos as principais tecnologias no RH para aplicar na empresa. Portanto, continue a leitura do artigo!

Software de recrutamento e seleção

O processo de recrutamento e seleção é de suma importância, pois permite que novos colaboradores façam parte do quadro de trabalho. No entanto, é igualmente desafiador. No mundo, 38% dos empregadores têm dificuldade em preencher vagas de trabalho.

Nesse caso, o software de recrutamento e seleção (R&S) ganha destaque. Ele facilita todo o processo de busca, triagem e contratação de novos profissionais, agregando agilidade e acerto ao processo. Com ele, fica mais fácil fazer a aquisição de talentos.

Além disso, ele permite a automação de algumas etapas, o monitoramento de indicadores de desempenho e a criação de relatórios específicos. Isso permite que o RH conheça melhor seus atuais resultados, estabeleça metas desafiadoras e crie planos eficientes.

Sistema de rotinas de departamento pessoal

O setor de recursos humanos também precisa manter as rotinas de departamento pessoal, ou seja, uma série de práticas mais operacionais e burocráticas necessárias à relação empregado-empregador. Sem isso, a gestão de pessoas estará incompleta.

Por essa razão, o sistema de rotinas de departamento pessoal pode ser considerado essencial. Ele facilita a distribuição online dos holerites, o controle digital do ponto, a gestão de benefícios e períodos de férias, entre outros itens importantes.

Essa tecnologia também permite modernizar a área de departamento pessoal, fazendo com que processos obsoletos e pouco funcionais sejam redesenhados de vez. Isso significa menos burocracia e mais eficiência e produtividade ao longo do trabalho.

Software de comunicação interna empresarial

A comunicação é uma importante aliada da gestão do capital humano. O problema é que ela nem sempre ocorre com fluidez e qualidade. Profissionais, equipes e setores deixam de dialogar e, por essa razão, uma série de erros e problemas passa a existir.

Para neutralizar esse problema, o mais indicado é implementar novos canais digitais de comunicação, como, por exemplo, murais de recados online, aplicativos mobile e sistemas especializados. Desse modo, todo o time pode se manter mais próximo e conectado.

Também é preciso pensar na comunicação com os talentos que estão fora da empresa — os candidatos às vagas de trabalho. Se eles não forem bens instruídos, dificilmente permanecerão na seleção até o fim. Nesse caso, o software de R&S é o mais indicado.

Página de carreiras

O processo de seleção tem data para início e fim, pois depende da demanda por novos funcionários. Por outro lado, o processo de atração de talentos é contínuo. Deve haver um esforço diário para despertar a atenção dos melhores profissionais do mercado.

Nesse caso, a página de carreiras é a tecnologia ideal para o RH. Esse é um espaço web para compartilhar informações sobre a empresa, a cultura do trabalho, a liderança e as vagas disponíveis. Desse modo, quem está do lado de fora pode conhecer um pouco mais da organização, bem como acompanhar as oportunidades de emprego.

Em um mercado no qual há escassez de talentos (de acordo com pesquisas, o Brasil está entre os cinco piores países para encontrar mão de obra qualificada), investir no processo de atração é essencial. Para tanto, a página de carreiras é a melhor tecnologia.

People Analytics

Um adulto comum faz cerca de 35 mil decisões por dia — muitas dentro da empresa. Para que essas escolhas estejam certas, é preciso ter informações reais, dados que subsidiem uma análise profunda e preditiva. Nesse caso, o people analytics é crucial.

Grosso modo, essa tecnologia consiste na análise de um grande volume de dados, como o big data, mas com ênfase na gestão de pessoas. Ou seja, é uma tecnologia que permite obter e analisar dados do RH com o objetivo de diagnosticar o estado atual do setor, estabelecer estratégias funcionais, fazer análises profundas e promover melhorias nos processos.

Com o people analytics, por exemplo, é possível cruzar os dados dos candidatos ao processo seletivo e avaliar de onde estão vindo os maiores talentos. Assim, é possível otimizar o recrutamento e aumentar o sucesso na contratação, além de economizar dinheiro.

Tecnologia de treinamento e desenvolvimento

É crucial manter os colaboradores treinados para atender bem, seguir os processos diários e entregar grandes resultados. Infelizmente, o investimento no assunto ainda é aquém do ideal. Os profissionais brasileiros passam por uma média de 26 horas de treinamento ao ano, número inferior ao de países mais desenvolvidos.

Mais uma vez, a tecnologia ajuda bastante. Cada vez mais empresas criam suas universidades corporativas (UC) e realizam boa parte do treinamento pela internet, o que flexibiliza o aprendizado e gera custos inferiores.

Outra modalidade de treinamento que surge com a tecnologia é o M-learning, o treinamento realizado com dispositivos móveis. Nesse caso, o funcionário pode ter acesso ao conteúdo dos cursos e treinos por meio de smartphone ou tablet, o que torna o desenvolvimento do time ainda mais acessível.

Sistema de análise comportamental

Cada profissional tem um perfil comportamental distinto. Alguns são mais influentes, outros dominantes ou estáveis no que fazem. Para conhecer a fundo o perfil de um colaborador ou candidato à vaga, é preciso aplicar uma pesquisa comportamental, buscando analisar pontos específicos. Nesse caso, a tecnologia ajuda bastante.

É cada vez mais comum o uso de softwares para a análise do comportamento dos funcionários. Diferente das pesquisas impressas e aplicadas manualmente, que demoram horas para serem concluídas, uma boa tecnologia pode coletar, cruzar e analisar as respostas dos funcionários em poucos segundos, definindo o seu perfil comportamental.

Essas são as principais tecnologias no RH, mas existem várias outras. A tendência é ter um setor de recursos humanos mais moderno, conectado e automatizado, permitindo que o trabalho de gestão de pessoas seja feito com acerto e agilidade. Como resultado, os colaboradores, o setor de RH e a própria empresa serão beneficiados.

Você sabia que as redes sociais também podem ser usadas como tecnologia para atração e retenção de talentos, assim como para o desenvolvimento profissional? Portanto, aproveite para nos seguir nas redes sociais e aprender mais. Estamos no LinkedIn, Facebook e YouTube.

Powered by Rock Convert
183 Views
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-