Por que a sua empresa deveria desenvolver a competência digital?

6 minutos para ler

Não resta dúvidas de que a transformação digital chegou no mundo corporativo para ficar. Os impactos dela na sociedade e na economia são visíveis e, se forem aproveitados pelas empresas de forma inteligente, podem trazer bons resultados para os negócios.

Para percorrer esse caminho da digitalização, porém, é necessário que as empresas adquiram uma capacidade de adaptação e contem com profissionais aptos a contribuir com o que chamamos de competência digital.

O objetivo deste artigo é explicar o conceito de competência digital e mostrar quais são os desafios que a sua empresa pode ter para conquistar esse know how.

O que significa ter competência digital?

Como dissemos, o mundo atual exige que estejamos aptos a conviver com práticas cada vez mais digitais. Produtividade e competitividade são conceitos que estão cada vez mais dependentes do digital, o que acaba obrigando a uma crescente exigência de competências digitais para o exercício de diferentes profissões.

Nesse sentido, essas competências digitais podem ser entendidas como uma série de habilidades e conhecimentos voltados para a digitalização. Ou seja, ser um profissional com competências digitais deve:

  • ser capaz de utilizar as tecnologias digitais;

  • estar apto a incorporar essas tecnologias em seus estudos e atividades do dia a dia;

  • estar preparado para avaliar criticamente as tecnologias digitais;

  • ser motivado a fazer parte da cultura digital.

O grande desafio das empresas, principalmente quando falamos em negócios familiares, está em saber como encontrar e reconhecer essas habilidades nos profissionais e como promover uma liderança digital.

Tendo em vista que a liderança digital se tornou uma competência-chave na gestão das empresas, existem alguns obstáculos a serem superados na busca por preparar e desenvolver profissionais nessa área.

Quais são os desafios rumo à liderança digital?

Podemos dizer que existem 3 grandes desafios que as empresas devem enfrentar na jornada rumo à liderança digital:

1. Reconhecer o valor das soluções digitais

Em primeiro lugar, é necessário que as empresas percebam os benefícios que as soluções digitais podem oferecer e entendam como essas soluções podem ser usadas estrategicamente.

2. Implementar uma estratégia de digitalização

Na sequência, as lideranças executivas e de RH precisam ter uma noção compartilhada e detalhada do que os gerentes precisam para implementar uma estratégia abrangente de digitalização.

3. Saber escolher as soluções certas

Em último lugar, essas lideranças precisam dos meios diagnósticos para saber escolher as melhores soluções digitais para o negócio quando estiverem ocupando cargos administrativos ou ocupando cargos especializados.

Em essência, as empresas que estão levando a digitalização a sério precisam de auditorias digitais para entender se o seu pessoal tem as competências necessárias para a transformação digital.

A prática de adotar esse novo tipo de liderança e disseminá-la em toda a empresa é uma experiência padrão para muitos negócios de sucesso.

As startups são pioneiras nesse aspecto. Essas empresas surgiram com uma nova forma de gestão de negócios, que combina o empreendedorismo e o pioneirismo digital, aliado ao desenvolvimento de ideias e visões em colaboração, testando novos modelos de negócios de forma inteligente e segura.

Esses pensamentos do mundo das startups podem ser usados por profissionais de RH e executivos rumo ao sucesso na liderança digital.

Como superar esses desafios?

Para entender quais competências são necessárias para uma liderança digital bem-sucedida, é preciso compreender as forças e requisitos em funcionamento na digitalização em particular e na liderança e gestão de negócios em geral.

Como uma transformação estrutural, a digitalização precisa de uma abordagem estratégica e de métodos específicos para colocar as mudanças em uso efetivo. No nível pessoal dos gerentes envolvidos, as inovações precisam ser gerenciadas de maneira eficaz, e o comportamento precisa mudar para criar espaço para novas oportunidades digitais.

As competências digitais dos gestores podem ser definidas em 4 grandes pilares:

1. Estratégia

A força de uma estratégia de transformação digital está no escopo e na finalidade dela. Normalmente, empresas que são menos maduras em relação à digitalização acabam concentrando os investimentos em tecnologias individuais e mais operacionais.

Por outro lado, na liderança digital, essas estratégias devem ser desenvolvidas com foco na transformação do negócio em si.

2. Gestão

É fundamental que os profissionais com competência digital saibam trabalhar em equipe, com uma gestão simples e partilhada por todos.

Em outras palavras, é preciso que esses profissionais estejam aptos a colaborarem em projetos de diferentes áreas da empresa, sempre em mobilidade. Esse aspecto da gestão deve ser muito valorizado.

3. Comportamento

Como dissemos, é necessário que esses profissionais estejam engajados com uma cultura digital abrangente e que ela faça parte do cotidiano deles.

Saber onde encontrar informações relevantes, compreender e dominar sistemas e ferramentas deve fazer parte do comportamento de um líder digital, que deve ser desenvolto ao acompanhar as transformações.

4. Métodos

A transformação digital autêntica só ocorre na empresa quando os modelos de negócios e métodos são modificados ou reinventados pelas lideranças.

O líder digital deve estar preparado para aproveitar oportunidades, correr riscos e estar dedicado a criar métodos pensando no futuro do negócio.

Cada um desses pilares se relaciona com quatro competências. Essas habilidades digitais incluem a capacidade estratégica de desenvolver modelos de negócios digitais ou a capacidade gerencial de estabelecer uma cultura de liberdade e tolerância criativas. Ou seja, esse novo comportamento exige uma nova mentalidade digital.

Para tanto, são necessários métodos especiais, como a capacidade de aplicar o design thinking na inovação. Ao mesmo tempo, um fenômeno universal, como a transformação digital, exige um raciocínio cuidadoso e um olho para os detalhes em relação a mudanças específicas que estão diretamente ligadas ao contexto em que a empresa está inserida.

Como você pôde ver, o trabalho rumo à liderança digital é complexo. Os passos básicos são: preparar as gerências para os novos desafios digitais, definir a liderança digital e, em seguida, encontrar, desenvolver ou recrutar as mentes certas para o trabalho.

As empresas precisam aproveitar o momento oferecido pela atual força da digitalização para trazer as inovações e usar seus recursos para algo que não podem dispensar: a liderança digital.

Agora que você compreendeu a importância de desenvolver a competência digital em sua empresa, compartilhe este artigo com seus parceiros de negócio nas redes sociais e amplie esse debate.

113 Views
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-