As melhores estratégias para criar um plano de desenvolvimento de carreira

plano de desenvolvimento de carreira
6 minutos para ler

Um plano de desenvolvimento de carreira é o caminho mais rápido para chegar ao sucesso profissional, ao mesmo tempo que para a organização traz uma série de benefícios: redução de riscos e turnover, produtividade, ganhos financeiros e aumento na qualidade dos serviços. 

Isso porque é um programa bem estruturado que estabelece a trajetória que cada profissional deve trilhar dentro da organização. Assim, ele torna possível o planejamento do tempo ideal para atingir os propósitos e avaliar se os conhecimentos são suficientes para concluir os intuitos e metas propostas. 

Para isso, o plano de desenvolvimento de carreira fixa os objetivos da empresa em relação ao funcionário e proporciona uma visão de crescimento para ambos. Para você entender melhor sobre o processo, a seguir vamos apresentar as informações mais importantes acerca do assunto. Confira! 

Qual a importância de desenvolver a carreira dos funcionários?

Para que uma organização tenha bons resultados é imprescindível ter um plano de carreira sempre atualizado.

Devido às mudanças constantes do mercado e suas exigências, reter e desenvolver talentos, alinhando-os aos objetivos da organização com os desejos de seus colaboradores, exige que os gestores de RH ofereçam um plano que contribua positivamente para a vida pessoal e profissional.

Afinal, as pessoas mudaram e estão em busca de organizações que as valorizem, proporcionando não apenas um salário justo, mas também um ambiente de trabalho agradável e um bom planejamento para suas carreiras. Ou seja, precisam se sentir seguras e entenderem que empresa está pronta para ajudá-las a superar seus obstáculos e expectativas para conquistar níveis mais altos na hierarquia.

Quais as principais estratégias do plano de desenvolvimento de carreira? 

Vários fatores devem ser considerados quando o assunto é plano de desenvolvimento de carreira, pois as pessoas são diferentes e seus desejos, planos e competências, também. Sendo assim, cada colaborador é responsável por seu próprio desenvolvimento, porém, cabe à empresa atuar na orientação desses profissionais buscando sua evolução.

É importante que ao traçar o plano de carreira, o planejamento atinja todos os níveis da organização. Entender os objetivos de seus profissionais, avaliar o seu desempenho, conhecer e potencializar seu amadurecimento dentro da empresa é essencial para manter o desenvolvimento da organização ininterrupto.

Para que isso ocorra é necessário que o gestor mantenha um relacionamento de empatia com seus colaboradores. Somente por meio desse contato é que será possível entender as expectativas de cada um deles e conquistar a confiança, impulsionando suas habilidades e contribuindo para o crescimento de todos.

Veja, a seguir, os dois principais tipos de plano de carreira.

Plano de carreira em Y

É um conceito de plano de desenvolvimento de carreira adotado pelas organizações que prezam pelas políticas de gestão e retenção de talentos. A principal diferença da carreira em Y é que, nela, o profissional pode optar em usar seus conhecimentos e habilidades para o cargo gerencial ou escolher ser um especialista.

Plano de carreira em W

Basicamente, o plano de carreira em W é aquele que os profissionais podem se descobrir em mais de uma área, sem excluir outra. A finalidade é fazer com que o profissional lidere, porém consiga manter simultaneamente a sua especialização. Ou seja, um técnico também pode ser um líder e continuar fazendo serviços técnicos.

Qual o plano ideal para empresas de alto crescimento?

O planejamento estratégico é um caminho contínuo e ordenado, que estabelece uma série de atitudes que devem ser seguidas. Em uma organização consolidada o sucesso de um plano de carreira está ligado claramente a atividade organizacional, isto é: atuação de mercado; prática financeira; descrição de políticas de remuneração; benefícios em harmonia com as praticadas no mercado, e visão de médio a longo prazo. 

Além disso, é importante gerar critérios que sustentem o crescimento profissional e, consequentemente, a conservação de profissionais entusiasmados por um maior tempo em atingir o know-how econômico da organização. 

Um plano de desenvolvimento de carreira nesse tipo de empresa é lucrativo não só para os resultados, como para o desenvolvimento de qualidade dos colaboradores, pois induz a capacitação e a busca por conhecimentos técnicos e de novas atitudes o que engrandece também a cultura profissional de um país.

Como escolher a melhor estratégia?

Ter um bom plano de gestão compatível com a cultura da organização e as necessidades dos funcionários possibilita maior engajamento. É importante levar em conta o perfil de cada colaborador e investir no desenvolvimento de suas competências, visando ampliar e aperfeiçoar sua carreira dentro da organização.

Nesse sentido, é fundamental ter o auxílio do setor de recursos humanos ou, se a empresa preferir, é possível contar com uma consultoria especializada, para implantar programas de treinamento e desenvolvimento, juntamente com práticas relacionadas ao bem-estar e a valorização dos colaboradores fundamentais para garantir a motivação das equipes.

Assim, para administrar um plano de carreira que alcance seus propósitos, é necessário uma boa gestão de pessoas, observando os seguintes aspectos:

  • estruturar de forma generalizada os cargos e suas competências, de acordo com as características de seu negócio;
  • avaliar a capacidade do mercado e sua força econômica de comportar custos;
  • desenvolver de maneira equilibrada uma política de remuneração, estruturando um plano de cargos e salários consistentes;
  • realizar, sempre que possível, uma análise comparativa com empresas cuja estrutura e objetivos sejam parecidos com o seu negócio;
  • incentivar o autodesenvolvimento dos colaboradores;
  • criar treinamentos internos que impactem nos resultados da empresa, isto é, no que realmente fará a diferença para ambos (profissional e organização), indicando quais os conhecimentos necessários para se assumir determinado cargo.

Para criar um plano de desenvolvimento de carreira é imprescindível que a empresa vise estratégias dirigidas à capacitação, desenvolvimento e comprometimento de pessoas. Dessa forma, é necessário assegurar uma política que contribua e atenda às expectativas de seus colaboradores que estão ansiosos por novos conhecimentos, experiências e possibilidades de ascensão na carreira.

Agora que você sabe o que é um plano desenvolvimento de carreira, aproveite a visita ao blog e aumente os seus conhecimentos. Leia também o post: “Coaching corporativo: como ele impacta a carreira dos profissionais e o negócio da empresa“.

210 Views
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-